Baixar APK Brasil TV New: Versão Atualizada

Saiba como baixar e usar o APK Brasil TV New, o melhor aplicativo dos últimos anos para assistir TV, filmes e séries.

Baixar APK Brasil TV New: Versão Atualizada 1

O APK Brasil TV New é sem duvidas, um dos melhores aplicativos para seu dispositivo Android de TV Online lançados nos últimos anos. Baixe agora mesmo a nova atualização do aplicativo que tem funções como tela cheia e sem limite de teste, com ele você poderá ter bastante conteúdo na palma de sua mão e o melhor, é totalmente gratuito. Ele também funciona em box TV!

Com o Brasil TV News você não vai mais perder seus jogos brasileirão das séries A, B, C com tranquilidade em seu celular android ou box tv ou pc com emulador. Assista aos principais canais de TV do Brasil, sem travar em HD no android.

Baixar APK Brasil TV New: Versão Atualizada 2

Brasil TV New Apk Download: Versão Atualizada
O Brasil TV New está disponível em formato apk, o que significa que é preciso realizar o download a partir do navegador de internet. Para conseguir executar esse processo, é preciso estar autorizado os downloads de fontes de app de terceiros.

Além de ser excelente, ele tem uma grande biblioteca de séries, filmes, animes. Brasil TV New app atualizado é um aplicativo de IPTV sem limite de teste e totalmente gratuito. Faça o download da última versão do app e tenha todos os canais de Tv em seu Smartphone.

Como instalar o Brasil TV New APK no celular:

Atenção: Antes da instalação, habilite nas configurações do seu celular, a instalação de fontes desconhecidas.

Baixar APK Brasil TV New: Versão Atualizada 3
Imagem: arquivoti.net

1 – Baixe a versão atualizada abaixo ou a versão que preferir.
Download Brasil TV New v2.15.6 ( link direto | Ufile )

Versões anteriores:
– v2.14.6: Ufile
– v.12.7: link direto | Mediafire
– v2.12.3: APK direto | Mediafire
– v2.10.5: Baixar
– v2.9.15: Baixar
– v2.9.3: Baixar
– v2.8.5: Baixar
– v1.2.3: Baixar

3 – Localize onde o aplicativo foi baixado e o abra.
Baixar APK Brasil TV New: Versão Atualizada 4

4 – Siga os passos de instalação e pronto!
Baixar APK Brasil TV New: Versão Atualizada 5

Como tirar mancha de mofo do teto e parede da casa?

Como tirar mancha de mofo do teto e parede da casa? 6

Mofo é coisa séria, o fungo causador do mofo / bolor é nocivo para nossa saúde e por isso devemos agir rápido para erradicar essa praga de nosso ambiente.

Hoje vou dividir minha experiencia com mofo que surge no banheiro, mais especificamente no teto.

Ele surge por conta da umidade muitas vezes do próprio vapor formado quando tomamos banho quente. Mesmo banheiros arejados e ventilados sofrem com esse mofo.

Sempre recorri à água sanitária para limpar.

As soluções abaixo são eficientes na remoção de mofo / bolor no teto, paredes, revestimentos / azulejos.

Como tirar mancha de mofo do teto e parede da casa? 7

COMO FAZER:

1.REMOÇÃO COM ÁGUA SANITÁRIA:

***Pode ser usado em parede/teto convencional ou gesso. Evite usar no de PVC pois pode amarelar

Coloque em um frasco com borrifador ÁGUA SANITÁRIA pura, sem diluir

Suba em uma escada e borrife em toda a área com mofo/bolor

A medida que for borrifando gotas se formarão, cuidado pois elas vão pingar, e podem pingar em você.

Deixe agir por 20 a 40 minutos, você vai perceber que o mofo vai clarear, ficar amarelado e depois desaparecerá por completo.

Pegue um pano molhado e torcido e passe em todo o teto/paredes, se quiser enrole o pano em uma vassoura.

OBSERVAÇÕES: Se não tiver água sanitária mas tão somente cloro, dilua o mesmo na proporção de 1 xícara de cloro para 4 xícaras de água.

A água sanitária é forte o ideal é usar luvas, óculos e uma máscara ou pano úmido amarrado na região do nariz e boca.

ATENÇÃO: O ambiente deve estar arejado, janelas e portas abertas, aplique aos poucos, saindo do banheiro para você respirar ar puro.

Como tirar mancha de mofo do teto e parede da casa? 8

2.REMOÇÃO COM ÁGUA OXIGENADA (peróxido de hidrogênio)

**Pode ser usado em teto/paredes de PVC

Faça uma solução, dissolva:

900 ml de água

100 ml de água oxigenada 10 volumes liquida

Coloque em um frasco borrifador e aplique no mofo, esfregue e deixe agir por 1 horas.

Se a mancha não sumir, aplique mais um pouco e esfregue novamente.

Esta opção é ideal para pessoas alérgicas.

Ele vai matar o fungo mas talvez não remova a mancha

3.REMOÇÃO COM VINAGRE

Borrife o vinagre puro na superfície, esfregue espalhando o produto, deixe agir por 1 hora

Ele vai matar o fungo mas talvez não remova a mancha

Pode ser aplicado em paredes convencionais, gesso, PVC

Como tirar mancha de mofo do teto e parede da casa? 9

Casos graves como este da foto acima são provenientes de vazamentos, infiltração ou chuva em excesso. Para estes casos o ideal é remover tratar a causa do mofo e refazer a parede / teto. *Por Blog Dicas da Lucy

Saiba como fazer bolhas de sabão em tamanho gigante

Saiba como fazer bolhas de sabão em tamanho gigante 10

Bolhas de Sabão Gigantes: Receita e método fácil e rápido para fazer bolhas de sabão em tamanho gigante!

Os mais novos adoram fazer bolas de sabão, mas pode surpreender com esta nossa dica.

Receita e método fácil e rápido para fazer bolas de sabão em tamanho gigante!
Saiba como fazer bolhas de sabão em tamanho gigante 11

O que precisa?

2 palhinhas
tesoura
Fio
Detergente
Água
Glicerina ou Xarope de milho

Saiba como fazer bolhas de sabão em tamanho gigante 12

Estenda as palhinhas no seu comprimento máximo e corte antes da parte extensível em acordeão.

Saiba como fazer bolhas de sabão em tamanho gigante 13

Corte uma porção de fio e dê vários nós numa das extremidades. Isto vai ajudá-lo a introduzir o fio dentro da palha.

Saiba como fazer bolhas de sabão em tamanho gigante 14

Se necessitar empurre com um lápis ou qualquer utensílio com cabo fino.

Passe o fio pelas duas palhinhas e de um nó para formar um aro fechado.

Saiba como fazer bolhas de sabão em tamanho gigante 15

De seguida faça a mistura de sabão e coloque num recipiente onde possa submergir as palhinhas.

Receita para bolas de sabão Gigantes
Existem muitas lojas que comercializam já uma mistura própria para fazer bolas de sabão, no entanto é possível fazê-la em casa em quantidades maiores para as suas bolhas de sabão XXL!

Saiba como fazer bolhas de sabão em tamanho gigante 16

Misture uma parte de água e uma parte de detergente para louça. Adicione meia parte de glicerina ou xarope de milho e se desejar, para dar maior espessura à camada exterior da bolha junte um pouco de amido de milho.

O xarope, glicerina e amido de milho adicionados à água com detergente tornam a mistura mais forte e consistente o que lhe permite fazer bolas de sabão maiores.

Saiba como fazer bolhas de sabão em tamanho gigante 17

Mergulhe as palhas na água e agite um pouco até fazer espuma. Retire o aro e estenda a película de sabão. De seguida mova-a com os braços ou correndo de um lado para o outro até formar uma bolha grande.

FaceAPP: Saiba como usar o app que muda o gênero do usuário

FaceAPP: Saiba como usar o app que muda o gênero do usuário 18

Em 2019, o FaceApp virou febre por envelhecer as pessoas nas fotos. Um ano depois, ele voltou com tudo, mas agora como o aplicativo que muda o gênero do usuário.

Na verdade, no ano passado, o FaceApp já tinha essa função, mas só agora que os homens resolveram postar suas fotos como mulheres e as mulheres, como homens nas redes sociais.

Leia mais:
– Saiba como usar o app com filtro de envelhecimento

Como baixar o FaceApp:
Para baixar o FaceApp, basta entrar na Google Play Store para usuários de Android, ou na AppStore para iOS.

FaceAPP: Saiba como usar o app que muda o gênero do usuário 19
Foto: Reprodução

O FaceApp continua com as mesmas funções de antes, como o envelhecimento e outras brincadeiras. Entretanto, algumas delas são pagas à parte.

Após baixar, ele vai detectar em sua galeria quais fotos podem ser utilizadas. São aquelas que, geralmente, têm como destaque os rostos das pessoas. Sejam elas selfies ou retratos mais próximos. Para isso, é necessário que você permita que o aplicativo tenha acesso a sua galeria de imagens do celular. Tem também a opção de tirar uma foto na hora e é possível logar com o Facebook e utilizar as fotos que já estejam na galeria da rede social.

São muitas opções de filtro, entre elas “Idade”, com a possibilidade de se ver como idoso ou mais novo, “Barba” e “Óculos”. Para ver como você ficaria no sexo oposto, é preciso escolher o filtro “Gênero”.

FaceAPP: Saiba como usar o app que muda o gênero do usuário 20
Foto: Reprodução

Salvando a foto
Para salvar a sua foto, é necessário clicar em Aplicar e depois clicar no ícone Salvar à direita no topo. Também é possível compartilhar a imagem nas redes sociais.

Veja como usar o filtro de envelhecimento, assista o vídeo:

Veja mais sobre tecnologia: CLIQUE AQUI

Saiba como ativar a verificação em duas etapas do Whatsapp

Uma das maneiras de garantir a segurança da sua conta no WhatsApp é ativando a chamada “verificação em duas etapas”. O recurso permite que o usuário associe o seu perfil a uma senha de seis dígitos (PIN), que será exigida quando a conta for instalada novamente no mesmo aparelho ou em outro. Isso evita, por exemplo, que em casos de perda ou roubo do smartphone ou chip outra pessoa acesse as suas conversas.

Como ativar a verificação em duas etapas

Passo 1: Abra o WhatsApp e acesse o menu do aplicativo simbolizado pelos três pontinhos no canto superior direito da tela.

Saiba como ativar a verificação em duas etapas do Whatsapp 21

Passo 2: Na aba aberta, clique em “Configurações”.

Saiba como ativar a verificação em duas etapas do Whatsapp 22

Passo 3: Agora, acesse a opção “Conta”.

Saiba como ativar a verificação em duas etapas do Whatsapp 23

Passo 4: Clique em “Verificação em duas etapas”.

Saiba como ativar a verificação em duas etapas do Whatsapp 24

Passo 5: Na nova tela, clique em “Ativar” para iniciar a configuração do recurso.

Saiba como ativar a verificação em duas etapas do Whatsapp 25

Passo 6: Neste momento, você deverá criar uma senha de seis dígitos (PIN) e confirmar o código escolhido. Depois, também será possível registrar um endereço de e-mail para recuperar o código caso seja necessário.

Saiba como ativar a verificação em duas etapas do Whatsapp 26

Passo 7: Depois da personalização, toque em “Concluído” para finalizar a configuração do recurso.

Saiba como ativar a verificação em duas etapas do Whatsapp 27

Com informações do site canaltech.com.br

Superlua: saiba como tirar a melhor foto possível com uma câmera de celular

Superlua: saiba como tirar a melhor foto possível com uma câmera de celular 28

Tirar uma foto da lua com o celular não é uma tarefa muito fácil. As lentes dos aparelhos costumam ter o ângulo aberto demais, e o cenário – um fundo todo escuro com um ponto muito claro no meio – não é dos mais propícios para fotografar. Por isso, os resultados costumam não ser mais do que um simples ponto brilhante, que muitas vezes pode ser confundido com um poste de iluminação na rua.

Ainda assim, dá para tentar contornar algumas das limitações dos smartphones e conseguir uma imagem até decente com as câmeras deles. O resultado, claro, não será tão bom quanto o obtido com lentes teleobjetivas, que são as mais recomendadas para isso. Mas, com as dicas que daremos a seguir, você ao menos poderá ter uma recordação razoável da chamada “superlua” nos céus brasileiros nesta terça-feira, 19. Confira:

1 – Evite o zoom digital: por melhores que sejam, as câmeras dos smartphones já deixam uma boa quantidade de ruído nas fotos tiradas em ambientes escuros. Para piorar, elas não costumam ter zoom óptico, que faz com que as lentes se aproximem do objeto que a pessoa quer fotografar. O único recurso é o zoom digital, que só tende a piorar o granulado das imagens quando aplicado. Por isso, o recomendável é simplesmente não aproximar. Sim, a lua vai continuar pequena na sua tela. Mas você sempre vai poder dar um zoom na imagem depois que ela for capturada, usando algum app de edição.

2 – Use um tripé ou um apoio: a dica é de Michael Christopher Brown, fotógrafo da National Geographic. Não é algo essencial, mas manter o celular estável ajuda a evitar as “pequenas vibrações que a câmera do celular faz”, algo que compromete a qualidade da imagem. Na falta de um tripé, é uma boa apoiar o aparelho em algum lugar fixo.

3 – Mantenha o foco: não o seu, mas sim o do celular. Como falamos acima, a lua é um ponto brilhante em um fundo todo escuro. Ao apontar o smartphone para esse o céu, ele muito provavelmente vai tentar clareá-lo, o que vai saturar a iluminação do astro. Por isso, antes de fotografar, dê um toque na lua para que a câmera foque nela. O aplicativo já vai fazer um ajuste automático do brilho, mas você também pode arrumá-lo manualmente – uma barrinha costuma aparecer na tela assim que você define o foco.

4 – Não mire apenas no céu: como o ideal na hora de fotografar a lua é não usar zoom, você pode sempre brincar com a composição da imagem para enriquecê-la. Tente posicionar o astro entre prédios – o que ajuda até na questão do equilíbrio da iluminação mencionado no passo anterior – para deixar claro que aquele ponto brilhante é a lua.

5 – Modo Pro: caso o app de câmera do aparelho tenha algo do tipo, também vale a pena usar o modo Pro para ajustar a velocidade do obturador, o ISO e o brilho da imagem. Uma matéria do Lifehacker indica que o ideal para uma lua cheia é combinar velocidade de obturador de 1/125 com ISO 250 e abertura em f/11 (quando possível).

Se a câmera de seu aparelho não tiver nada disso por padrão, dá para recorrer a outros aplicativos, como o Adobe Lightroom (que ainda faz a edição e tem versões gratuitas para Android e iOS), Darkroom (grátis para iOS) e o Open Camera (grátis para Android). Os dois primeiros deixam você controlar a velocidade do obturador e o ISO, enquanto o último dá mais controle sobre o brilho.

Com informações do Olhar Digital

Como fazer ligações em vídeo para várias pessoas ao mesmo tempo

Como fazer ligações em vídeo para várias pessoas ao mesmo tempo 29
Família de SP se juntou em videoconferência para cantar parabéns pelos 75 anos da avó — Foto: Arquivo pessoal

Não pode juntar gente e nem sair para abraçar os amigos… Em tempos de luta contra o coronavírus, o jeito tem sido matar a saudade e espantar a solidão por ligações de video online. Além de ser seguro conversar à distância, não custa nada: existem muitas opções grátis.

As principais redes sociais oferecem videochat (só não tem no Twitter), mas a maioria limita muito o número de pessoas. Para grupos maiores, existem outras plataformas mais conhecidas por quem já usa para trabalho: do tradicional Skype ao Google Hangouts e o Zoom.

Dá para reunir as crianças da sala da escola, promover aulas e shows online, comemorar aniversários cuja festinha foi adiada e até happy hours (não vai precisar brindar com o espelho 😉

Veja abaixo o guia de como usar as principais plataformas gratuitas. Caso vá fazer as chamadas do computador, não esqueça de verificar se ele tem câmera e microfone (dá para usar um fone com microfone também).

WhatsApp
Limitado a 4 pessoas por videochamada.

Apesar de ser muito popular no Brasil como aplicativo de conversas em texto e áudio, inclusive com grupos, na hora da conversa em vídeo, o WhatsApp só aceita até 4 pessoas, e somente pelo celular (não funciona na versão web). Por outro lado, é bem simples de fazer e todas as pessoas aparecem na tela dividida.

Como fazer chamada em vídeo pelo WhatsApp:

Para chamar pessoas que estão num mesmo grupo, abra a aba de conversa desse grupo e clique no ícone de telefone que fica no canto superior direito
Um menu vai aparecer na parte de baixo da tela, com uma lista dos participantes do grupo. Você poderá selecionar até 3 pessoas, para chamar (com você, serão 4). Feito isso, clique no ícone da câmera
Para chamar fora de grupo, selecione primeiro uma pessoa e abra a aba de conversa. Clique no ícone de câmera que fica no canto superior direito (ao lado do ícone de telefone).
Inicie a chamada em vídeo e, no canto superior direito, vai aparecer a opção de adicionar mais pessoas (um sinal de +). Você poderá adicionar até 3 (com você, serão 4).

Instagram
Limitado a 6 pessoas por videochamada.

A rede social também tem a opção de conversa em vídeo em grupo, no Direct (ou Inbox). Mas também é limitada, e somente pelo celular. Todas aparecem na tela dividida.

Como fazer chamada em vídeo pelo Instagram:

Ao entrar no Instagram, clique no ícone de mensagem direta (seta), no canto superior direito da tela inicial
Toque no ícone da câmera no canto superior direito
Selecione até 5 pessoas (com você, serão 6).

Facebook Messenger
Até 50 pessoas por videochamada.

O Messenger é bem menos limitado que seus “colegas de firma” WhatsApp e Instagram para chamadas em vídeo. Porém, com mais de 6 pessoas na chamada, a tela só mostra quem estiver falando na hora.

Como fazer chamada em vídeo no Facebook Messenger:

É mais fácil usar o aplicativo do Messenger (pode baixar clicando no ícone do Messenger dentro do Facebook ou pela pela loja de aplicativos – Google Play ou App Store, se tiver iPhone);
Se não quiser, dá para entrar pela própria página do Facebook no celular, tablet ou computador, e clicar no ícone do Messenger (no canto superior direito)
Selecione as pessoas ou o grupo e clique no ícone da câmera
Lembre-se de que, com mais de 6 pessoas, a tela só mostra quem estiver falando na hora.

Google Hangouts
Até 25 pessoas por videochamada.

Muito usado para conversas de texto, é como se fosse um “whatsapp” do Google. Ele junta pessoas que tenham qualquer conta na plataforma (Gmail, YouTube, etc).

Como fazer chamada em vídeo no Google Hangouts:

Mesmo que nunca tenha usado, você já tem acesso a ele e talvez não saiba. Se você já usa Gmail, por exemplo, o HangOut fica logo abaixo da lista de pastas, à esquerda (onde aparece o seu perfil)
Ou você pode entrar em hangouts.google.com. A página tem um ambiente próprio e mais “amigável”, que não se mistura com seus e-mails
Também é possível fazer o download do app para celular/tablet pela loja de aplicativos (Google Play ou App Store, se for iphone)
Você pode buscar seus amigos entre seus contatos (pessoas com quem você já trocou e-mail pelo Gmail estão ali automaticamente, assim como contatos que possui em celulares Android, por exemplo). Ou pode convidar pessoas
Aí é só clicar noentrar na opção “Vídeochamada” (no computador) ou
E você pode criar um grupo, assim como no WhatsApp, para não ter que mandar convite um por um nas próximas vezes.

Skype
Até 50 pessoas por videochamada.

Pertencente à Microsoft, é um dos primeiros apps de conversa em vídeo online, lançado em 2003. Além de chamadas em vídeo (ou só áudio) e texto, ele também permite compartilhar a tela do computador (a pessoa pode ver o que está na tela da outra e ajudar a resolver algum problema, por exemplo).

Como os demais citados na reportagem, ele é gratuito, a menos que você queira comprar crédito para fazer chamadas telefônicas para telefones fixos e celulares. Existe a versão Skype for Business, que é paga (US$ 2 por mês, por usuário) e permite até 250 pessoas em uma chamada de vídeo, mas é mais voltada para empresas, como o nome diz.

Como fazer uma chamada em vídeo pelo Skype:

Baixe o Skype no celular ou tablet pela loja de aplicativos (Google Play ou App Store, se for iPhone) ou no computador (skype.com)
Também é possível usar o Skype no computador sem baixar nada, em web.skype.com
Crie uma conta; se você tiver uma conta Microsoft (como @outlook. com ou @msn.com ou sendo usuário do pacote Office), já é automaticamente um usuário Skype; basta abrir o app e fazer login
Busque os amigos pelo nome de perfil deles no Skype ou pelo e-mail. Se não encontrar, você pode mandar um convite

Zoom
Até 100 pessoas por videochamada.

O programa faz reuniões virtuais no computador ou celular/tablet, e permite compartilhamento de tela (as pessoas podem ver o que está na tela do computador de quem compartilhou, para entender um passo a passo, por exemplo, ou acompanhar um texto). Por isso tem sido usado para aulas online, com ou sem vídeo.

Como fazer chamada de vídeo no Zoom:

Baixe o Zoom no celular/tablet pela loja de aplicativos (Google Play ou App Store, se for iPhone) ou no computador (em zoom.us/pt-pt/meetings.html)
Se recebeu um convite, não precisa ter conta na plataforma para entrar na reunião: basta incluir o “ID” (número) da reunião, que aparece nesse convite
Caso queira criar uma reunião e enviar convites, é preciso ter uma conta no aplicativo (ele pede apenas o email e a criação de uma senha) ou fazer login com a conta do Google ou do Facebook.

Como fazer ligações em vídeo para várias pessoas ao mesmo tempo 30
Mulher faz ligação de vídeo com duas pessoas durante quarentena de coronavírus; chamadas também acontecem entre médicos e pacientes — Foto: AP Photo/Mark Lennihan

Por G1

Conheça o App que avalia se você estar infectado com coronavírus

Conheça o App que avalia se você estar infectado com coronavírus 31

No combate ao Coronavírus, empresas e governos têm adotado várias medidas de prevenção. O SUS, por exemplo, em parceria com o Ministério da Saúde, está lançando um app com informações úteis para combate e prevenção do Coronavírus. As gigantes de tecnologia, por sua vez, têm sofrido várias consequências em virtude do surto do novo Coronavírus (SARS-CoV-2) pelo mundo, especialmente na China, epicentro da doença, e onde estão localizadas as fábricas de várias empresas como a Samsung e LG, por exemplo.

O aplicativo chamado “Coronavírus – SUS” é gratuito e pode ser baixado em smartphones com sistema operacional Android e em iPhone.

O software apresenta notícias em tempo real e dicas para se prevenir do Covid-19. Além disso, o app também apresenta um mapa, com base em sua localização, que identifica os postos de saúde públicos mais próximos.

No entanto, a principal função do aplicativo é a análise da condição de saúde do usuário. Caso esteja se sentindo mal e com possíveis sintomas do vírus, o indivíduo pode responder questões no aplicativo que avaliam o risco de infecção.

Ao tocar no botão “Está se sentindo mal?”, o possível paciente tem que selecionar os sintomas que apresenta no momento, para qual país viajou e se teve contato próximo com algum caso suspeito ou confirmado de coronavírus nos últimos 14 dias.

Respondidas as questões, o app avalia a condição do usuário e o aconselha – ou não – a procurar atendimento médico, dependendo da urgência e necessidade. Confira, abaixo, uma reprodução de duas das ferramentas citadas acima:

Conheça o App que avalia se você estar infectado com coronavírus 32

O aplicativo é parte da campanha do Ministério da Saúde para conscientizar a população sobre o perigo do vírus. De acordo com o órgão, as dicas e conteúdos presentes no app serão lançados nas plataformas e redes sociais.

Até o momento, o Brasil registrou mais de 400 casos suspeitos de coronavírus, com a maioria deles sendo em São Paulo. (Por Exame)

Call of Duty: Warzone é um battle royale grátis para PC e consoles

Call of Duty: Warzone tem battle royale com 150 jogadores e modo Saque (Plunder); jogo chega para PS4, Xbox One e PC

A Activision anunciou oficialmente Call of Duty: Warzone, um battle royale que é gratuito para jogar: sua equipe é composta por três membros, e 150 jogadores se encontram no mapa de Verdansk para tentarem ser os últimos sobreviventes. O título traz ainda um novo modo chamado Saque (Plunder), e estará disponível globalmente no PS4, Xbox One e PC nesta terça-feira (10).

O modo Battle Royale de Call of Duty: Warzone coloca 150 jogadores em uma cidade chamada Verdansk, divididos em esquadrões de três, que lutarão para serem o último time sobrevivente. Graças ao cross-play, cada batalha pode reunir usuários de diferentes plataformas.

Você encontrará missões secundárias, chamadas Contratos, espalhadas pelo mapa: elas dão recompensas como dinheiro (virtual), pontos de experiência e armas. Também é possível visitar Estações de Compra para obter Melhorias de Campo, Killstreaks ou Tokens de Reanimação que trazem de volta os membros abatidos da equipe.

Call of Duty: Warzone é um battle royale grátis para PC e consoles 33

Há aqui uma mecânica de respawn chamada Gulag: ao morrer pela primeira vez, o jogador é levado para uma batalha de Atirador 1v1, na qual o vencedor retorna a Verdansk e o perdedor é eliminado de vez.

Também é possível comprar um Kit de Autorreanimação para se curar e continuar a partida. E, se um membro do seu esquadrão for morto, você pode trazê-lo de volta adquirindo um Token de Reanimação. Como você pôde notar, o jogo é repleto de oportunidades para microtransações — assim como praticamente todo free-to-play.

Além do modo Battle Royale, Call of Duty: Warzone traz o modo Saque (Plunder): os times concorrem entre si para coletar a maior quantidade de Dinheiro possível completando Contratos, buscando Caixas de Suprimentos e eliminando oponentes. Aqui, cada jogador tem respawns ilimitados.

Call of Duty: Warzone é um battle royale grátis para PC e consoles 34

Warzone é integrado com CoD: Modern Warfare
Warzone é uma experiência que complementa o mundo de Call of Duty: Modern Warfare. Os jogos têm a mesma Loja de Itens e o mesmo Sistema de Passe de Batalha, que permite desbloquear duas novas armas funcionais grátis, até 300 pontos COD, cartões de visita e mais.

Além disso, quem comprar Modern Warfare no futuro poderá transferir todo o progresso e itens de Warzone. Se você já tiver Modern Warfare instalado no seu console ou PC, o download do novo jogo pesará entre 18 GB e 22 GB. Caso contrário, você terá que baixar de 83 GB a 101 GB.

Call of Duty: Warzone estará disponível em 10 de março de 2020 para PS4, Xbox One e PC às 12h (horário de Brasília) para quem possui Modern Warfare, e às 16h para o público em geral.

Call of Duty: Warzone é um battle royale grátis para PC e consoles 35

Com informações Activision.

Saiba como identificar um iPhone falso

Telefones falsificados tentam imitar o design do smartphone da Apple e enganam leigos

Quem frequenta sites alternativos de e-commerce e grupos de compra e venda nas redes sociais em busca de celulares novos e usados já deve ter encontrado algumas ofertas irrecusáveis de iPhones novos com preços bem convidativos e abaixo do varejo.

Em alguns casos, o iPhone falso tenta imitar o design do smartphone da Apple e chega a enganar os mais leigos no assunto, na esperança de comprarem seu primeiro iPhone. Alguns detalhes, porém, ajudam a desmontar a farsa dos celulares falsos (feitos para se parecerem com os aparelhos mais famosos) que, quase sempre, são vendidos sem nota fiscal e sem os acessórios originais como fones de ouvido e/ou carregador.

Saiba como identificar um iPhone falso 36

Apesar da aparência das réplicas serem quase sempre idênticas a de um original, os celulares falsificados não tem o mesmo desempenho que os originais. São telefones fabricados com peças, câmeras, processador e até software diferentes (por isso eles são mais baratos) e não passam pelo controle de qualidade da fabricante original.

Como não cair em uma fria comprando um iPhone falso
Se você estiver fazendo pesquisas de preço, algumas dicas podem ajudar a verificar se trata-se de um iPhone original. A opção mais segura é comprar em lojas oficiais da Apple ou em varejistas autorizados. Tenha com você, também, a lista atualizada do Procon-SP “Evite estes sites” que revela centenas de lojas para não comprar.

O que observar em um iPhone falso
Selos da Anatel e FCC: essas informações são referentes aos órgãos governamentais (Federal Communications Commission – FCC e Anatel) na parte traseira do aparelho. Em modelos mais novos, como iPhone 8 ou X, não há essa informação na traseira (exceto se ele tenha sido comprado em algum país da União Europeia).

Cores: nem todo modelo de iPhone está disponível nas cores que aparecem à venda. Confira no site da Apple quais são oferecidas para o modelo que você quer comprar.

Entradas de fone de ouvido e carregador: os modelos mais novos usam apenas a Lightning e dispensam a entrada P2. Algumas carcaças falsas ignoram esse detalhe. Ou, quando são cópias de modelos com entrada para fone, posicionam em outro lugar.

iOS, iTunes e App Store: celulares originais rodam o sistema operacional móvel da Apple, o iOS, nunca Android. E apresentam na tela de início apenas uma maçã (símbolo da companhia). O download de aplicativos é feito pela App Store (procure por esse app) e, ao se conectarem ao computador com o iTunes, são automaticamente reconhecidos.

iPhones falsos não serão reconhecidos pelo iTunes no computador. Na maioria dos casos são nomeados na máquina como um hard disc, um pendrive ou drive externo.

Siri: a assistente do iPhone pode ser uma boa ajuda para reconhecer aparelhos falsos, mesma ela não dando as caras. A assistente virtual é exclusiva e só funciona no original. Tente acessar a Siri e, se interface aparecer, trata-se de um original. Se a Siri não aparecer ou funcionar corretamente, o aparelho é falso. Vale notar que a Siri pode ser desativada (o que não acontece deliberadamente), mas nunca removida do dispositivo.

IMEI e número de série: um IMEI (International Mobile Equipment Identity) é o número de identificação do celular. Trata-se de um código único. Você pode observá-lo na traseira da caixa original, na traseira do celular e na bandeja do cartão SIM. Com o celular ligado, encontre o número em Ajustes > Geral > Sobre. Agora, compare se todos são iguais.

Verifique o número de série do celular, outra combinação única usada para obter suporte e manutenção da Apple. Vá novamente em Ajustes > Geral > Sobre. Pegue o número e cheque, no site da Apple, se é válido e se o aparelho está na garantia. Sendo original, você saberá mais detalhes. Se for falso, o sistema não reconhecerá.

Saiba como identificar um iPhone falso 37

Qualidade da tela e da câmera: os iPhones têm uma tela chamada display retina, com tecnologia 3D Touch (a partir do iPhone 6 Plus). Em geral, as falsificações usam telas de resolução mais baixas, assim como as câmeras que são mais lentas na hora do clique e com resultado bem inferior para fotos e vídeos. Compare com outros modelos de telefones por perto e, se possível, com outro iPhone.

Especificações técnicas: ofertas de iPhones com 8 GB ou 16 GB de espaço de armazenamento interno podem ser enganosas. A fabricante do smartphone trabalha com o mínimo de 32 GB (desde o iPhone 7) e oferece versões com 64 GB, 128 GB e 256 GB.

Botão Home e Touch ID: o iPhone mudou o design do botão Home que antes era mecânico e agora é mais sensível, detectando a pressão do dedo. Os modelos mais novos também trazem um leitor de digitais. Vá em Ajustes > Touch ID e tente cadastrar seu dedo como identificação (a partir do iPhone SE). Se você não conseguir, é falso.

Acabamento, peso e acessórios: iPhones falsos geralmente são mais pesados, oferecem uma sensibilidade não tão boa do touchscreen, demoram mais para carregar a bateria e têm sinais perceptíveis de um acabamento distante do padrão de qualidade Apple. Carregador e fone de ouvido, quando presentes, também são diferentes dos originais. Peça para ver o conteúdo da caixa e verificar a presença desses elementos.

Recursos não originais: é comum encontrar entre os iphones falsificados ofertas “recursos extras” como TV Digital, loja de aplicativos alternativas, jogos embutidos, dual-sim (iPhone com dois chips) e outras funções que a Apple ainda não adotou.

Segurança: lembre-se que dispositivos falsificados, sem controle de qualidade ou selos de homologação, dificilmente passam em testes de segurança e podem ser nocivos à saúde (usando metais pesados e substâncias tóxicas na montagem). Esses aparelhos também não estão livres de erros de projeto e fabricação que podem fazê-los explodir enquanto carregam na tomada ou deformar por baixa resistência dos seus materiais. (Por tecnoblog.net)

ÚLTIMOS POSTES